evim sensin izle

Engenharia Ambiental

 

engenharia ambiental

 

 

O PROFISSIONAL-PERFIL DO EGRESSO

 

O perfil do egresso do curso de Engenharia Ambiental compreenderá uma sólida formação técnico científica e profissional geral que o capacite a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais, e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade.

 

Em uma profissão moderna o egresso em Engenharia Ambiental adquire formação para promover o desenvolvimento de forma sustentável, em harmonia com o ambiente.

NOSSO DIFERENCIAL

            O curso de Engenharia Ambiental da FAMETRO tem seu diferencial na sua formação com enfoque para Energias Renováveis.

Nos tempos atuais com a crescente demanda por energia, o uso e adaptação de fontes alternativas de energia àquelas que não poluem ou degradam o meio são de suma importância, assim as fontes de energia renováveis tem ganhado atenção, sendo necessário aprimorar seu uso de maneira viável e para isso é necessário um profissional com competências e habilidades nesta área.

Além disso, a matriz do curso contempla as necessidades regionais do mercado de trabalho, com adequação dos conteúdos teóricos para a realidade da Região Amazônica.

 

MERCADO DE TRABALHO E ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO AMBIENTAL

Ao término do curso, o egresso poderá desenvolver suas atividades nas seguintes áreas:

            - Estudos de impacto ambiental;

            - Licenciamento ambiental de atividades poluidoras;

            - Controle e reutilização de resíduos;

            - Controle da poluição ambiental;

            - Gerenciamento de riscos de atividades produtivas;

            - Monitoramento da qualidade dos recursos naturais.

Pode atuar também em organizações que precisem de avaliação ambiental para suas atividades como termoelétricas, mineradoras e siderúrgicas; em consultorias e também em instituições de Ensino Superior e Pesquisa.

 

RESUMO DO CURSO

Duração do Curso: 5 anos

Turno: Manhã/Noite

Telefone da Coordenação: 2101-1052

Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.">O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Autorização: Portaria No 169 de 13/09/2012

Localização: Av. Constantino Nery 3204 - Unidade 2 – CEP 69050-000

 

MATRIZ CURRICULAR 

LEGISLAÇÃO

RESOLUÇÃO Nº 447, DE 22 DE SETEMBRO DE 2000

Dispõe sobre o registro profissional do engenheiro ambiental e discrimina suas atividades profissionais.

O CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA - CONFEA, no uso das atribuições que lhe confere a alínea "f" do art. 27 da Lei nº 5.194, de 24 de dezembro de 1966, e

Considerando que o art. 7º da Lei nº 5.194, de 1966, refere-se às atividades profissionais do engenheiro, do arquiteto e do engenheiro agrônomo em termos genéricos;

Considerando a necessidade de discriminar as atividades das diferentes modalidades profissionais da Engenharia, Arquitetura e Agronomia para fins de fiscalização do seu exercício profissional;

Considerando que a Resolução nº 48, de 27 de abril de 1976, do antigo Conselho Federal de Educação, que estabeleceu os currículos mínimos dos cursos de Engenharia, permitiu que eles estejam organizados levando em conta as características regionais;

Considerando a criação da área de Engenharia Ambiental pela Portaria nº 1.693, de 5 de dezembro de 1994, do Ministério de Estado da Educação e do Desporto,

RESOLVE:

Art. 1º Os Conselhos Regionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – CREAs devem proceder o competente registro dos profissionais oriundos dos cursos de Engenharia Ambiental, anotando em suas carteiras profissionais o respectivo título profissional, de acordo com o constante nos diplomas expedidos, desde que devidamente registrados.

Art. 2º Compete ao engenheiro ambiental o desempenho das atividades 1 a 14 e 18 do art. 1º da Resolução nº 218, de 29 de junho de 1973, referentes à administração, gestão e ordenamento ambientais e ao monitoramento e mitigação de impactos ambientais, seus serviços afins e correlatos.

Parágrafo único. As competências e as garantias atribuídas por esta Resolução aos engenheiros ambientais são concedidas sem prejuízo dos direitos e prerrogativas conferidas aos engenheiros, aos arquitetos, aos engenheiros agrônomos, aos geólogos ou engenheiros geólogos, aos geógrafos e aos meteorologistas, relativamente às suas atribuições na área ambiental.

Art. 3º Nenhum profissional poderá desempenhar atividades além daquelas que lhe competem, pelas características de seu currículo escolar, consideradas em cada caso, apenas, as disciplinas que contribuem para a graduação profissional, salvo outras que lhe sejam acrescidas em curso de pós-graduação, na mesma modalidade.

Art. 4º Os engenheiros ambientais integrarão o grupo ou categoria da Engenharia, Modalidade Civil, prevista no art. 8º da Resolução 335, de 27 de outubro de 1989.

Art. 5º A presente Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 6º Revogam-se as disposições em contrário.

 

LINKS IMPORTANTES 

Ministério do Meio Ambiente – www.mma.gov.br

IBAMA-Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis– www.ibama.gov.br

EMBRAPA-Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuária – www.cpaa.embrapa.br

ANEAM-Associação Nacional do Engenheiros Ambientais- www.aneam.org.br

SEMMAS-Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade- www.semmas.manaus.am.gov.br

 

Download - Matriz Curricular

 

 

Contato

Av. Constantino Nery 3204
CEP 69050-000 

 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

(92) 2101 1000

(92) 2101 1030

Conecte-se